header

ir para o conteúdo
Releases | 30 JUN 2020

Ceweb.br lidera Grupo de Trabalho do W3C sobre catálogo de dados


Objetivo do GT é desenvolver um padrão universal para facilitar a interoperabilidade entre catálogos de dados publicados na Web

O Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) participa ativamente de Grupos de Trabalho (GT) do World Wide Web Consortium (W3C) atuando na liderança de um deles: o Dataset Exchange Working Group (DXWG), ou Grupo de Trabalho para Interoperar Conjunto de Dados. O objetivo desse GT é trazer inovação para a Web ao desenvolver um padrão universal que facilite a interoperabilidade entre catálogos de dados publicados na Web.

O Ceweb.br, por meio da participação de Caroline Burle, co-chair do DXWG juntamente com o especialista britânico Peter Winstanley, tem a responsabilidade de conduzir o grupo de especialistas em dados de diferentes países, facilitando o consenso entre os participantes, orientando o processo de inovação, assim como contribuindo com propostas para o desenvolvimento dos padrões e garantindo o bom andamento dos trabalhos.

"O protagonismo do Ceweb.br nesse grupo de trabalho do W3C é de extrema relevância, pois é uma oportunidade para viabilizar a participação da comunidade brasileira no desenvolvimento global da Web", pontua Vagner Diniz, gerente do Ceweb.br e do escritório brasileiro do W3C.

O DXWG já criou duas versões do Vocabulário do Catálogo de Dados (ou DCAT, Data Catalog Vocabulary, em inglês), uma recomendação do W3C. O DCAT é reconhecido como um padrão de interoperabilidade essencial para catálogos de dados, usado por mecanismos de pesquisa para identificar conjuntos de dados que devem ser catalogados, e por editores para tornar seus materiais mais acessíveis. Atualmente, o GT está aprimorando a segunda versão do DCAT e lançará uma terceira versão no início de 2022.

Além do DXWG, o Ceweb.br participou ativamente do Data on the Web Best Practices Working Group, contribuindo com a elaboração de um documento de referência e recomendação do W3C: Boas Práticas para Dados na Web. O escritório brasileiro do W3C também mantém o Grupo de Trabalho de Acessibilidade na Web, que promove a discussão de especialistas e pessoas com deficiência sobre ações em prol da acessibilidade na Web no Brasil.

Como participar de um GT do W3C?

O W3C é uma comunidade internacional que desenvolve padrões com o objetivo de garantir o crescimento da web. Uma das principais funções dos GTs do W3C é formar interlocuções técnicas em torno das especificações e padrões, considerando as necessidades e demandas apresentadas pela comunidade de desenvolvedores, do consórcio e do público em geral. Para participar dos GTs é preciso ser filiado ao W3C – e com isso, pessoas designadas pelas instituições filiadas podem ingressar nos grupos que têm interesse.

As responsabilidades de participar de um grupo vão desde as reuniões virtuais semanais e presenciais, até participar ativamente do processo, cumprindo as tarefas e contribuições com as resoluções do GT.

Os Grupos de Trabalho podem também receber contribuições externas, que devem ser analisadas pelos editores de cada grupo, dessa forma, qualquer pessoa pode contribuir com o desenvolvimento dos padrões.

O Ceweb.br incentiva a comunidade brasileira de desenvolvedores a participar desses GTs. 

Sobre o escritório brasileiro do W3C
Por deliberação do CGI.br, o NIC.br agrega as atividades do escritório do W3C no Brasil - o primeiro na América do Sul. O W3C é um consórcio internacional que tem como missão conduzir a Web ao seu potencial máximo, criando padrões e diretrizes que garantam sua evolução permanente. Mais de 80 padrões foram já publicados, entre eles HTML, XML, XHTML e CSS. O W3C no Brasil reforça os objetivos globais de uma Web para todos, em qualquer dispositivo, baseada no conhecimento, com segurança e responsabilidade. Mais informações em: http://www.w3c.br/.

Sobre o Ceweb.br
O Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br), do NIC.br, tem como missão disseminar e promover o uso de tecnologias abertas na Web, fomentar e impulsionar a sua evolução no Brasil por meio de estudos, pesquisas e experimentações de novas tecnologias. No escopo de atividades desenvolvidas pelo Centro, destacam-se o estímulo às discussões sobre o ecossistema da Web e a preparação de subsídios técnicos à elaboração de políticas públicas que fomentem esse ecossistema como meio de inovação social e prestação de serviços. Mais informações em http://www.ceweb.br/.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (http://www.nic.br/) é uma entidade civil, de direito privado e sem fins de lucro, que além de implementar as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil, tem entre suas atribuições: coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (http://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil — CERT.br (http://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — Ceptro.br (http://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — Cetic.br (http://www.cetic.br/), implementar e operar os Pontos de Troca de Tráfego — IX.br (http://ix.br/), viabilizar a participação da comunidade brasileira no desenvolvimento global da Web e subsidiar a formulação de políticas públicas — Ceweb.br (http://www.ceweb.br), e abrigar o escritório do W3C no Brasil (http://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
O Comitê Gestor da Internet no Brasil, responsável por estabelecer diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil, coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no País, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios de multilateralidade, transparência e democracia, o CGI.br representa um modelo de governança multissetorial da Internet com efetiva participação de todos os setores da sociedade nas suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (http://www.cgi.br/principios). Mais informações em http://www.cgi.br/.

Contatos para a Imprensa:

Weber Shandwick
http://www.webershandwick.com.br/
PABX: (11) 3027-0200 / 3531-4950
Rogério Sousa – rsousa@webershandwick.com – (11) 95129-0037
Ana Jones - ana.jones@webershandwick.com - (11) 3027-0200 ramal: 312
Renata Albuquerque - RAlbuquerque@webershandwick.com - (11) 98415-0345

Assessoria de Comunicação – NIC.br
Caroline D’Avo – Gerente de Comunicação – caroline@nic.br
Carolina Carvalho – Coordenadora de Comunicação – carolcarvalho@nic.br
Soraia Marino – Assistente de Comunicação – soraia@nic.br 

Flickr: https://www.flickr.com/NICbr/
Twitter: https://www.twitter.com/comuNICbr/
YouTube: https://www.youtube.com/nicbrvideos
Facebook: www.facebook.com/nic.br
Telegram: www.telegram.me/nicbr
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/nic-br/
Instagram: https://www.instagram.com/nicbr/