Notas | 21 DEZ 2016

A Web segue adiante - destaques de final de ano da Plataforma Aberta da Web

A Web segue adiante - destaques de final de ano da Plataforma Aberta da Web

Com a missão de estudar e contribuir para a melhoria da qualidade de implementações baseadas na Web e participar do desenvolvimento global de seus padrões, o Ceweb.br, do NIC.br, e o W3C Brasil divulgam uma síntese dos documentos do Highlights W3C, com os temas que são destaques na Web e revelações o que vem por aí.

Para adicionar informações aos documentos oficiais do W3C, também publicamos um quadro apresentando como o Ceweb.br e o W3C Brasil atuam nos respectivos temas em destaque.

Os documentos completos estão disponíveis no original em inglês:

The Web is Moving Ahead – Open Web Platform year-end Highlights 2016

W3C Highlights September 2016

Nunca visto antes? Realidade virtual

Realidade Virtual (VR) na Web é a próxima fronteira para experiências que apontam a substituição da página Web como paradigma de interface. Algumas características foram identificadas como áreas potenciais para a padronização, como a integração de conteúdo Web existente em experiências VR, suporte e transmissão otimizada de vídeos e áudio de 360°, transformação de páginas da Web em agradáveis espaços de VR e integração dos aspectos de conteúdos 3D da Realidade Virtual no conjunto da Open Web Platform.

Leia mais detalhes: W3C Web & Virtual Reality Workshop report, e veja os vídeos online.

O que o W3C Brasil e o Ceweb.br estão fazendo:

Pesquisa das melhores práticas de Interação na Realidade Virtual e Vídeo 360º: Ainda em 2016, o Ceweb.br inicia um projeto de pesquisa exploratória das melhores práticas de interação e consumo de vídeo 360º na Web e desenvolvimento de protótipos de navegação em Realidade Virtual, aderindo a uma parceria da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Universidade de Keio e Tóquio, Japão e Universidade de Mumbai, Índia.

Encontros com a Web sobre Realidade Virtual:  O Ceweb.br tem as palestras "Mixed Reality: Além do Pokemon Go!" e A Web na Era da Realidade Virtual, apresentadas no Nic.br e em conferências para mostrar os conceitos básicos de Realidade Virtual e estimular uma agenda interna sobre o tema.

Web de Dados

Os dados e seus usos deveriam ser detectáveis e compreensíveis por humanos e máquinas. Para facilitar a interação entre publicadores e usuários, o Grupo de Trabalho de Boas Práticas para Publicação Dados na Web (DWBP) publicou o padrão que define as melhores maneiras para se publicar dados.

Pela primeira vez, o NIC.br teve dois profissionais como editores e um co-chair de um padrão internacional para a Web, o Data on the Web Best Practices. Poucos países fora do eixo Europa e EUA tiveram no W3C essa competência reconhecida. Além disso, os brasileiros participantes do DWBP tiveram contribuições relevantes e reconhecidas por todo o grupo de trabalho. Entenda mais sobre a Web de Dados no W3C.

O que mais o W3C Brasil e Ceweb.br estão fazendo:

O Ceweb.br foi o responsável pelas publicações do livro Dados Abertos Conectados e dos guias sobre: Dados Abertos; Web Semântica; Incentivo ao Reuso de Dados Abertos; Modelo de Maturidade de Dados Abertos, todos com licença Creative Commons. Esse material está sendo usado com livro básico em cinco universidades brasileiras e como orientação para iniciativas de dados abertos em diferentes órgãos de governo.

O W3C Brasil mantém um programa de fomento à pesquisa sobre tecnologias Web para universidades brasileiras que estimula a participação destas no W3C e na produção de pesquisa.

O Ceweb.br ainda tem diversas palestras sobre Boas Práticas para Publicação de Dados na WebDados Abertos e Web Semântica, apresentadas em eventos nacionais e internacionais.

Internet das Coisas (IoT)

A solução para superar a fragmentação da IoT e catalisar o crescimento exponencial em serviços será viabilizar a interoperabilidade de ponta a ponta nas diferentes plataformas. Isto requer padrões abertos de metadados que definam os modelos de dados e de interação expostos a aplicações, os padrões de protocolos e comunicações que podem ser usados, as políticas de segurança e privacidade, e descrições dos tipos de coisas envolvidas e as relações entre elas.

O que o W3C Brasil e Ceweb.br.br estão fazendo:

O Ceweb.br participa do Grupo de Interesse do W3C sobre Internet das Coisas. No qual estamos construindo esse caminho por meio do trabalho sobre casos de usos e requisitos, estudos de cenários de tecnologia e a ênfase na prática da implementação.

Pagamentos na Web

Os consumidores terão simplificados os seus processos de finalização de pagamento de transações na Web com os padrões do W3C até o fim de 2017. Os meios de pagamentos na Web hoje não são interoperáveis, são intrinsecamente dependentes do intermediário. Além disso, outros tópicos em torno de pagamentos como credenciais verificáveis, recompensas (cupons, vouchers e programas de fidelidade) e blockchain também estão no forno. Conheça mais sobre o tema Pagamentos na Web no W3C.

O que o W3C Brasil e Ceweb.br estão fazendo:

Fomento de práticas de pagamentos na web e moedas digitais no Brasil: o Ceweb.br tem a apresentação "Blockchain, Bitcoin e Pagamentos na Web" que aborda as tecnologias de pagamento digital, bitcoin, blockchain e o papel da Web para trazer maior segurança e agilidade em transações financeiras. Em 2016 organizou o evento “Tecnologia, Negócios e Cidadania no ecossistema de inclusão financeira” com o objetivo de discutir o impacto dos pagamentos digitais em novos modelos de negócios na Web.

Experimentos em Blockchain: iniciaremos a configuração de um ambiente de teste em blockchain baseado no projeto Ethereum para desenvolvimento de protótipos de smart contracts.

Reprodução de vídeo com HTML5 - Media Source Extensions

Media Source Extensions (MSE) é uma API essencial do HTML para suportar diferentes tipos de mídia ao reproduzir vídeos na Web. A API é a melhor opção para garantir uma experiência de usuário tranquila durante a reprodução de mídia, incluindo players de vídeo 360°.

As MSEs já foram implementadas por todos os principais navegadores e está em uso pelas principais plataformas de vídeo e provedores de conteúdo como Netflix e Youtube.

O que o W3C Brasil e Ceweb.br estão fazendo:

Divulgação e Fomento do Media Source Extensions no Brasil: o Ceweb.br tem a palestra Vídeo na Web: indo além do elemento vídeo, utilizada em diversos eventos.

Estudo e desenvolvimento de um Player 360: o Ceweb.br tem parcerias articuladas para identificar as melhores práticas e padrões técnicos enquanto desenvolve um player open-source de vídeo 360º na Web.

Os impactos do DRM na Web: série de estudos e palestras - no Fórum da Internet e na Web.br - para discussão sobre as extensões de mídias criptografadas (Encrypted Media Extensions - EME), avaliando os impactos, benefícios e barreiras técnicas de padronizar uma tecnologia que permite comunicação com dispositivos de DRM na Web.

Tenha uma visão completa de como o W3C está trabalhando para a indústria de
Entretenimento.

Você está seguro? - Autenticação Web

Há muito tempo existe a demanda por substituir o nome de usuário e senha como como forma de segurança. O trabalho do grupo do W3C Web Authentication visa melhorar a proteção contra ataques de phishing e de interceptação, fornecendo uma API Web padrão para autenticação criptográfica forte. Entenda mais sobre Security no W3C.

Web + Carro = Web Automotiva

As atividades do W3C associadas ao tema Web Automotiva incluem um grupo de trabalho de especificações técnicas e outro grupo que identifica casos de uso e requisitos para potenciais novos padrões de trabalho para veículos. Reduções de custos, ganhos de produtividade e maior interoperabilidade estão entre os principais fatores de negócio para o crescente interesse do setor de Auto em desenvolver e implementar padrões do W3C baseados em HTML5 e Open Web Platform. Conheça mais esse trabalho sobre Web Automotiva.

Acessibilidade na Web

Garantir que as pessoas com deficiência consigam acessar a Web com autonomia e sem barreiras de acesso é uma das principais missões do W3C: a promoção de uma Web para todos. Suas atividades nesse cenário incluem a elaboração e atualização de diretrizes internacionais de acessibilidade na Web para que desenvolvedores possam criar sites acessíveis e que gestores possam aferir o quão acessível uma página Web está. Entenda mais sobre a Acessibilidade na Web no W3C.

O que o W3C Brasil e Ceweb.br estão fazendo:

Referência em acessibilidade na Web: Todo o material produzido pelo W3C Brasil e Ceweb coloca o NIC.br como um protagonista em ações relacionadas a acessibilidade na Web, especialmente após a aprovação da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, que determina que todos os sites Web devem ser acessíveis seguindo diretrizes internacionais de acessibilidade na Web. Lei essa que o W3C Brasil ajudou a editar através do seu Grupo de Especialistas em Acessibilidade na Web, um grupo de aproximadamente 150 especialistas que se reúnem para discutir ações em favor da acessibilidade na Web no Brasil

Prêmio Nacional de  Acessibilidade na Web no Brasil: O Ceweb.br e o W3C Brasil promovem iniciativas para estimular o desenvolvimento de páginas acessíveis por meio do Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web que reconhece iniciativas e ações para tornar as páginas Web mais acessíveis no Brasil. O prêmio teve sua última edição durante os jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro.

O Ceweb.br promove atividades como
Workshop de acessibilidade na Web,   publica documento com Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo na Web (o primeiro documento em português do Brasil a ser publicado como tradução oficial pelo W3C) e Cartilhas  de Acessibilidade na Web - Fascículos 1 - Introdução à Acessibilidade na Web e  2 - Benefícios, Legislação e Diretrizes de Acessibilidade na Web, em parceria com o Ministério Público de São Paulo.